Viçosa do Ceará

A cidade de Viçosa do Ceará está localizada na Serra da Ibiapaba, a 349 km da capital Fortaleza. Foi criada em 1882. É a cidade natal do jurista Clóvis Beviláqua e de General Tibúrcio. Viçosa do Ceará é o primeiro município criado na Serra da Ibiapaba, inicialmente habitada por índios Tabajaras pertencentes ao ramo Tupi, anacé, arariú e croatá do ramo Tapuia. No ano de 1700, os padres jesuítas, Manuel Pedroso e Ascenso Gago, fundaram oficialmente a “Aldeia da Ibiapaba”, onde hoje se situa Viçosa do Ceará. Marco importante da história de Viçosa do Ceará foi a construção da Igreja Continue lendo Viçosa do Ceará

Cores do Inverno

Jaqueline Aragão Cordeiro

Testamento do Judas

Meu nome é Judas Iscariotis, o traidor de Jesus Cristo Todo ano é a mesma coisa, mas eu resisto E da tradição não desisto. Estou aqui pendurado, esperando minha hora chegar Com esse bando de interesseiro que tão a me espiar. Esses são meus pertences, que venho aqui distribuir Com esse povo todo, que veio aqui assistir Pro meu amigo Carlim Cabra fashion e esticado Deixo minhas roupas de marca E meu gel importado Pro meu amigo Lelê Que já tem no dedo um bambolê Deixo meu chapéu de palha, pra ele se entreter Pois sei que adora usar, quando Continue lendo Testamento do Judas

Queima do Judas

Malhação de Judas ou Queima de Judas é uma tradição vigente em diversas comunidades católicas e ortodoxas que foi introduzida na América Latina pelos espanhóis e portugueses. É também realizada em diversos outros países, sempre no Sábado de Aleluia, simbolizando a morte de Judas Iscariotes. Consiste em surrar um boneco do tamanho de um homem, forrado de serragem, trapos ou jornal, pelas ruas de um bairro e atear fogo a ele. Cada país realiza a tradição de um modo. No Brasil é comum enfeitar o boneco com máscaras ou placas com o nome de políticos, técnicos de futebol ou mesmo Continue lendo Queima do Judas

Açude Favelas

A barragem do Açude Favelas está localizada no município de Tauá, distante cerca de 320 km de Fortaleza e 23 km da sede do município. O seu acesso dá-se pela rodovia estadual CE-1 60 (Tauá-Mombaça).  Barra o riacho Favelas, afluente da margem esquerda  do rio  Jaguaribe, formando  um lago  que  constitui uma fonte de recursos hídricos para perenizar o próprio riacho, irrigar as áreas aluvionares a jusante da barragem e reforçar a disponibilidade de água para o Projeto de Irrigação Várzea do Boi. A área da bacia hidrográfica do riacho Favelas no local da barragem é de cerca de 678 Continue lendo Açude Favelas

Cuscuz ou Pão de milho

O cuscuz é uma iguaria típica nordestina, feito à base de farinha de milho, salgada e levemente umedecida. Depois disso, a massa é posta para descansar, onde ganhará volume. Em seguida, leva-se ao fogo num recipiente chamado cuscuzeira e é cozido no vapor. No Ceará, é conhecido como pão de milho e faz parte do dia a dia da mesa de todo cearense. O cuscuz é consumido em todas as refeições do dia. No café da manhã, umedecido com leite de coco, ovo, queijo coalho e uma boa xícara de café com leite. Nas demais refeições, é consumido na forma Continue lendo Cuscuz ou Pão de milho

Gaiatice

Açude Serrote

A barragem Edson Queiroz, do Açude Serrote, está localizada no município de Santa Quitéria,  a cerca de 250 km de Fortaleza. O acesso pode ser feito pela rodovia BR-020 até Canindé, e daí pela CE-032 até Santa Quitéria. A partir deste local, o acesso é feito por uma estrada construída durante a execução da obra, percorrendo-se 16 km até o local da barragem. A barragem está localizada no rio Groaíras, pertencente ao sistema do rio Acaraú e foi projetada pela firma SEEBLA – Serviços de Engenharia Emílio Baumgart Ltda. A barragem Edson Queiroz faz parte do Plano Diretor de Desenvolvimento Continue lendo Açude Serrote

Mungunzá

É um prato típico da culinária nordestina e com grande destaque nas festas juninas. É feito com milho, que já se compra pronto nos supermercados e faz parte das delícias tão populares no Ceará e em todo o Nordeste. Existem duas versões: uma doce e outra salgada. INGREDIENTES PARA A RECEITA DOCE 500g de milho para mungunzá 1 xícara (chá) de açúcar 1 lata de leite condensado 1 litro de leite 400ml de leite de coco 1 colher (sopa) de manteiga 1 pitada de sal 100g de coco ralado 2 litros de água para o cozimento 2 paus de canela Continue lendo Mungunzá

Documentário Raymundo Cela

Para ver o vídeo, é só clicar no título do post TV Assembleia – Ceará